Advocacia

Divórcio, medo do desconhecido!

Ninguém casa pensando em divorciar, certo?
O divórcio é colocar fim a história de vida a dois, muitas pessoas tem vivenciado está experiência. Apesar de sabermos disso, de termos amigos, familiares, pessoas próximas que se divorciaram e superaram essa fase, alegam que a tal “fase do luto” parece interminável. Não são poucas as vezes que escuto em meu escritório frase do tipo “não tenho estrutura emocional para superar o que estou enfrentando”, olho para a cliente e penso cá com meus botões, nossa se você está aqui na minha frente resolvendo sua vida, você está superando muito bem, mas só penso, pois minha primeira atitude é escutar todo o contexto.

Além do papel de advogada de orientar e resolver questões mais práticas do processo de divórcio, advogar nesta área é lidar e cuidar do seu cliente, ser firme e transmitir confiança e segurança na sua atuação, é servir e ser o apoio emocional durante a demanda. Venho relatar um pouco de minha experiência na área e afirmar para você, que o divórcio é o recomeço de uma vida de felicidade e de paz.

Lidar com o divórcio é delicado, requer sabedoria e maturidade. O emocional do casal nestes momentos estão fragilizados, a condição financeira não será como antes, situações precisam ser resolvidas, cada um seguirá seu caminho.
Faz parte do processo o sentimento da angústia e desamparo, engraçado que você já observou que procuramos nos comparar a outros casais? O que na verdade é que não existe relacionamentos iguais e cada casal terá a sua superação diferente. Antes de pensar que sua vida fracassou, perceba que o divórcio foi mais um ciclo a se cumprir na sua vida e ciclos se encerram, sabe pra que? Para vivenciar outros ciclos.

As pessoas estão em constantes mudanças, você hoje é a pessoa de 5 anos atrás? Acredito que nossas vontades, objetivos e sonhos estão em transição, e muitas vezes, o seu cônjuge não está em conexão com você, o que resulta em uma relação desconfortável e muitas vezes insegura. Tenho certeza que você já ouviu a frase “como assim o amor acabou?” Já li em algum lugar que amor é cultivado através da convivência, e quando não cultiva o respeito, admiração, harmonia, diálogo e paz diariamente, realmente o amor perde o sentido de ser.
Não se engane que o divórcio pode ser saudável, não encare como algo necessariamente ruim, tudo tem os dois lados.

No entanto, para seguir por estes caminhos e decidir pelo divórcio, você deve dar os primeiros passos:
– Primeiramente procure estar em conexão com Deus, reze, ore peça sabedoria e discernimento para sua vida, com Deus já é difícil a vida, imagine sem ele?
– Procure ter autoconhecimento, com certeza vai te ajudar a entender o que senti e saber quais os motivos que te levam à separação;
– É primordial realizar a terapia de casal, com um intermediário facilita e ajuda a direcionar os dois a agirem de forma madura e inteligente.
– Leia bastante livros que te ajudem a sair dos pensamentos autodestrutivos, seja positiva, esforce e saiba que você não está sozinho.
– Caso estejam separados, preserve-se, se você não tem ainda condições de conversar com o seu ex-cônjuge, peça ao seu advogado para intermediar, não fique se forçando e machucando, respeite o tempo de cada um.
– A separação pode deixar a pessoa perdida no início, os sentimentos ainda estão a flor da pele, aos poucos vá refazendo a sua rotina, se preciso anote na sua agenda suas atividades, o importante é persistir e recomeçar, você irá se reencontrar.
– Veja um tempo no seu dia ou semana e faça as coisas que você gosta.
– Não sinta vergonha de pedir ajuda a amigos e familiares, ah, o terapeuta é o profissional indicado para ajuda-lo
– Não tente se punir pelo que acha que deveria ter feito, tenho certeza que você fez o seu melhor.
Vire a chave e siga em frente, depois você irá olhar para trás e sentir a felicidade e a paz. Tudo tem que acontecer do jeito que tem que ser, tomar decisões contra nossa vontade, dói, causa medo, e se tem medo, vá com medo mesmo, faz parte do processo de sua maturidade e do seu amor próprio.
Seus filhos irão agradecer, saiba que você deve cuidar de você para ser fortaleza para cuidar de sua prole.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.