Advocacia

Adaptação familiar e resiliência: quais ensinamentos a pandemia nos trouxe?

Este foi um ano de arrumar a casa, 2020 trouxe a pandemia e com ela a mudança de muita configuração familiar, seja para unir ainda mais as famílias, mas também para separar o que já estava frágil. Na área do direto de família foi um ano difícil, de relacionamentos conturbados e muitos pedidos de divórcio. Mas onde prevaleceu o diálogo e a paciência é certo de que os problemas foram melhor conduzidos para a solução.

No meu atendimento, o on-line veio para ficar, trouxe facilidade, celeridade e comodidade. Ampliei meus canais de comunicação com meus clientes, trazendo conteúdos esclarecedores sobre o direito da família nas minhas redes sociais e site, possibilitando ao público mais acessibilidade a temas relevantes. Me sinto honrada e feliz pelo dever cumprido nos projetos que foram inicados este ano e com muita fé e determinação continuarei na luta para colher bons frutos no ano de 2021. As minhas ações e em especial a minha missão foi e será sempre atender da melhor forma os interesses dos meus clientes e fortalecer nosso relacionamento pautado na ética, comprometimento e dedicação nas suas demandas.

Foi um ano que precisou da nossa flexibilidade, jogo de cintura e exigiu maior capacidade de entendimento e adaptação para se relacionar melhor com a família. Muitos fatores estressaram a nossa convivência, entre eles a ameaça financeira e à fragilidade de nossa saúde. Mas essas tensões também trazem a possibilidade de construir uma família resiliente e tolerante. É importante que continuemos com o propósito de cooperação que a pandemia também trouxe, olhar para o outro com solidariedade, empatia e muito amor.

Sou otimista e tenho fé e esperança que teremos boas perspectivas para o ano que está chegando. Sou agradecida a Deus em primeiro lugar, a minha família o que me motiva com meus novos projetos, sou grata em especial pela confiança dos meus clientes a mim depositada e preparada para os novos desafios. Também acredito no caminho digno da advocacia brasileira, em especial ao meu direito de família e sucessões, minha paixão.

Deixo como mensagem para meus leitores e clientes o desejo da construção de relações familiares baseadas na afetividade, respeito e união. Que as relações sejam baseadas no amor e afeto familiar independentemente de suas configurações. Promovam em vocês o sentimento de proteção, respeito e amor às nossas crianças e adolescentes que se tornarão futuramente adultos conscientes e independentes,.
Que o ano vindouro seja de prosperidade, harmonia, saúde e paz. Feliz 2021!

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *